Matérias

Logo comemorativa é lançada por ocasião da celebração dos “10 Anos” do CEDASB

      O ano de 2016 é um ano especial na caminhada do CEDASB, no mês de maio completará 10 anos de existência. Por essa ocasião, a entidade lançou uma marca comemorativa que celebra e dá início às comemorações que culminarão no dia 11 de maio deste ano.

     A marca comemorativa tem um rico significado místico-simbológico, que representa importantes características referentes à caminhada de 10 anos da entidade no Semiárido do sudoeste baiano. A começar pela logo característica do CEDASB: a planta que brota do Seio da Mãe-Terra, amparada pelas mãos: uma mão negra e outra branca, representando a harmonia e integração de todas “as gentes” do nosso Sertão, que cultivam a terra e dela tiram o sustento do dia a dia. Integração essa, representada também pela infinitude do círculo, que além da configuração numerativa dos 10 anos, compreende também, a harmonia e unidade entre todos os povos do Semiárido.

      A gota d’água que cai sobre a planta representa o Bem indispensável a toda forma de vida, de modo particular, a vida em nosso Semiárido, água que o céu nos envia e é guardada com muito zelo e amor na “Boneca Branca do Sertão”.  Ilustrando de forma mística, o dizer fundamental expressado constantemente por nossos Agricultores e Agricultoras: “Água é Vida!”.

      A diversidade de cores observadas na marca representa a pluralidade e riqueza, que caracterizam e dão identidade aos povos do Semiárido, ilustrando assim suas expressões culturais e costumeiras. Visionando uma rica e ‘multipluralidade’ de cores e sabores, ou seja, em suma representa um Semiárido diverso e rico em vida.

      O chapéu de couro sobre o número representa a nossa “nordestinidade”, enraizada na cultura e tradições de cada região. A representatividade do chapéu nos remete ao seu sentido místico de uso: o vaqueiro e o agricultor/a que o carrega como indumentária de trabalho, à sua representatividade simbólica de luta e resistência por uma sociedade igualitária, de modo especial por um Semiárido onde todas e todos tenham voz e vez. Representa também, a alegria do Povo Sertanejo por meio das cantorias e folias cantadas e recitadas que animam e dinamizam os encontros e atividades promovidos pelo CEDASB.

Por,

Comunicação CEDASB.

MarcadoCEDASB

free vector