Matérias

Projeto Cisternas nas Escolas/CEDASB – etapa 3: Atividades iniciadas com articulação de parceiros e realização de Encontros Comunitários

Articulação com Comissões Municipais (ASA) e poder público

O início do projeto já em sua 3ª etapa, se deu com as articulações entre CEDASB, Comissões Executivas Municipais da ASA e o Poder Público. Serão contemplados nessa etapa do Cisternas nas Escolas os municípios de Anagé, Bom Jesus da Serra, Cândido Sales, Mirante e Vitória da Conquista. A equipe técnica já conseguiu efetivar reuniões em todos os municípios supracitados para constituir e fortalecer parcerias durante a execução das ações nos respectivos municípios.

O Projeto cisternas nas Escolas traz consigo, a partir da implementação da tecnologia social – a cisterna de 52 mil litros, um rico e substancioso processo formativo para a discussão e consolidação da Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido, resgatando identidades, fortalecendo raízes e aguçando a criticidade. Assim, aproveitamos a oportunidade para agradecer a excelente receptividade por parte dos gestores públicos, especialmente, das Secretarias de Educação e dos diretores e articuladores das escolas do campo de cada município.

Encontros Comunitários 

No dia 07 de Junho de 2017 o CEDASB, através da equipe técnica do Projeto Cisternas nas Escolas/CEDASB realizou os Encontros Comunitários no município de Bom Jesus da Serra. As comunidades de Lagoa do Mel, Jararaca, Água Bela, Queimadas e Segredo são as localidades onde se encontram instaladas as Escolas Polos do campo do município, são elas respectivamente: Escola Municipal Sebastião dos Milagres, Escola Municipal Elizio Meira Amaral, Escola Municipal Euclides Teixeira, Escola Municipal Armezina Oliveira Silva Pinhão, Escola Municipal Libanio Pereira Costa.

Durante os Encontros Comunitários foram elaborados um painel detalhado com os nomes de pessoas da comunidade local que formarão a denominada comissão local, que é a comissão de apoio ao projeto nas referidas localidades. Formada por pais/mães de aluno, direção e lideranças comunitárias. Os Encontros Comunitários são ações do Projeto que tem como objetivo apresentar à comunidade escolar como sucederá as etapas da implementação da tecnologia social, e qual o seu papel nesse processo. Mas, objetivamente, discutir também sobre o que é, para quê e o porquê da importância de se pensar um ensino norteado pelos princípios da Educação Contextualizada para a Convivência com o Semiárido, que, inicialmente, pode ser feita a partir da própria cisterna. Homens, mulheres e crianças envolvidos pela perspectiva de um novo olhar de construir conhecimento.

E avancemos… O projeto só está começando!

Texto: Eliane Almeida (Coord. Técnica)              Imagens:  Equipe Cisternas nas Escolas

 

Encontro Comunitário – Escola da Comunidade de Lagoa do Mel

Encontro Comunitário – Escola da Comunidade de Jararaca

Encontro Comunitário Escola da Comunidade de Água Bela

free vector