Matérias

CEDASB coordena minicursos sobre ‘BioGeo’ e Sementes Crioulas na VIII Semana de Agronomia da UESB

Semana passada, nos dias 10, 11 e 12 aconteceu a Semana de Agronomia 2017, uma realização do curso de Agronomia da UESB campus de Vitória da Conquista-BA. Na quinta feira (11) foram realizadas uma variedade de minicursos temáticos trabalhando diversos temas relacionadas à área da agronomia e da agroecologia. Dentre os quais sobre o cultivo e importância das sementes crioulas e a produção de biodefensivos a partir da confecção e utilização do “BioGeo”. Ambos minicursos foram conduzidos por Milena, Marcos Tigre e Terêncio, que compõe a equipe técnica do CEDASB (Centro de Convivência e Desenvolvimento Agroecológico do Sudoeste da Bahia).

No minicurso sobre as Sementes Crioulas, Milena e Marcos trabalharam sobre a importância das sementes crioulas frente às sementes geneticamente modificadas. Destacando e apresentando experiências de agricultores/as com o cultivo das sementes puras e cultivadas sem veneno. Que São as “sementes da paixão e da gente”, sementes que resgatam a história de um povo e dá vida. Mostrando também, que as sementes geneticamente modificadas não têm qualquer preocupação com o resgate de identidade e não tem história. E assim sendo, não são sementes que geram a vida em plenitude, mas grãos que alimentam o capital e tiram dos povos sua identidade-raiz.

No minicurso sobre biodefensivos, Terencio apresentou sua experiência com a produção e uso do BioGeo. Que segundo Terencio é: “um banco de bactérias vivas”, um poderoso biodefensivo de características preventivas que ajuda potencialmente no cultivo vegetal. Segundo Terêncio, monitor do minicurso, o princípio de preparo do “BioGeo” é tudo aquilo que gera vida. Assim sendo, os ingredientes para preparo do BioGeo que foram socializados através de uma apostila, são insumos (ingredientes) totalmente naturais [retirados da própria natureza], que ao passar por um processo de fermentação resulta em um poderoso e vital biodefensivo. Auxiliando nas diversas formas de cultivo e resultando numa produção de alta qualidade. O minicurso foi dividido em dois momentos, o primeiro se deu através de uma apresentação teórica sobre o biogeo e sua ação, e o segundo momento foi feita uma amostragem prática do seu preparo.

A realização dos minicursos sobre Sementes Crioulas e ‘BioGeo’ reuniram alunos/as da universidade do curso de agronomia (da UESB e outras instituições de ensino superior), pesquisadores da área, professores/as, agricultores/as e lideranças comunitárias. Que ao final das atividades puderam avaliar positivamente a realização e abordagem das duas temáticas como questão fundamental no aprofundamento da agroecologia e seus princípios. Tendo em vista, a promoção de uma agricultura que gere e preserve a vida em todas as suas dimensões. Questões essas, que são molas propulsoras de todas as ações e práticas desenvolvidas pelo CEDASB.

(Solicite a receita de ingredientes e preparo do ‘BioGeo’ pelo nosso email: cedasbcomunicacaovdc@gmail.com)

Texto e imagens – Núcleo de Comunicação CEDASB

free vector