OOO Sala de Leitura | Categories | Cedasb

Sala de Leitura

Agrofloresta para agricultura familiar

Clique no TITULO e depois em DOWNLOAD  e baixe o arquivo em pdf.

 

…Nos sistemas agroflorestais de alta diversidade convivem na mesma área plantas frutíferas, madeireiras, graníferas, ornamentais, medicinais e forrageiras. Cada cultura é implantada no espaçamento adequado ao seu desenvolvimento e as suas necessidades de luz, de fertilidade e porte (altura e tipo de copa) são cuidadosamente combinadas.

 

Sementes da Paixão – Estratégias Comunitárias de Conservação de variedades locais na região Semiárida

Na agricultura a Semente é muito mais que um mero instrumento ou insumo. Sendo portadoras de “mensagens” biológicas e socioculturais repassadas de safra a safra através das gerações de agricultores é por excelência, o principal recurso regenerativo das condições de produção agrícola. Portanto um “código genético”. Nesse sentido, a Semente Crioula é muito mais que um instrumento de produção, a semente simboliza a capacidade autônoma de reprodução dos meios de vida das famílias agricultoras.

(Clique no título da postagem, depois em download e baixe o livro/conteúdo)

Compostagem: o que é e como fazer

[…]

Para se trabalhar numa visão agroecológica, devemos observar três fatores que entendo ser o tripé da agroecologia: respeitar os ecossistemas; usar compostagem, além da utilização e preparo dos biofertilizantes. Pois, para se para obter produção é preciso ter vida no solo, entendemos que, para ter vida é preciso que tenha alimentos para que essas vidas continuem se multiplicando, e nada melhor para alimentar o solo do que as compostagens.

[…]

(Para acessar, clique no título “COMPOSTAGEM: O QUE É E COMO FAZER” e faça o download do material)

Política pública de fortalecimento da agricultura familiar: as ações da ASA (res)significando o semiárido baiano

Esse acervo abarca um conjunto de discussões e  dispõe de um material informativo, que trata especificamente das diversas ações desenvolvidas pela Articulação Semiárido Brasileiro (ASA Brasil) em prol da agricultura familiar na região da Bahia. Ações essas, apresentadas a partir da temática acima colocada e contidas especificamente entre a página 501 à página 517 do material.

O presente artigo, no que se refere à temática específica aqui abordada, analisa em que medida a mobilização e a estruturação das ações da Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) têm contribuído para o fortalecimento da agricultura familiar na região semiárida da Bahia, especificamente na região sudoeste do estado. Para tanto, fez uso de revisão bibliográfica e análise documental. O trabalho desenvolvido pelas organizações da ASA no semiárido baiano tem demonstrado que, através da apropriação de tecnologias sociais adequadas e comprometidas com a transformação social, as famílias agricultoras passaram a ter garantido o acesso à água para consumo humano e produção e foram inseridas em uma ação pedagógica que tem debatido o pertencimento e o resgate da identidade camponesa. Os resultados apontam que a estratégia de convivência com o semiárido tem fortalecido efetivamente a agricultura familiar nessa região.

(Clique no título e depois em download para baixar o arquivo em pdf.)

AGROFLORESTA: aprendendo a produzir com a natureza

Os sistemas agroflorestais (SAF) são considerados altamente eficientes para manter a produção sem destruir o solo. Este modelo produtivo mistura diversas culturas agrícolas com espécies arbóreas em um formato ideal para restaurar florestas e recuperar áreas degradadas. O guia “Agrofloresta – Aprendendo a produzir com a natureza” dá todas as dicas para quem quer começar um sistema agroflorestal.

(Clique no título, depois em download e baixe o arquivo em pdf.)

Origem/texto: Site –  ciclovivo.com.br

 

A Revolta de Canudos em quadrinhos

A chamada Guerra de Canudos, revolução de Canudos ou insurreição de Canudos, foi o confronto entre um movimento popular de fundo sócio-religioso e o Exército da República, que durou de 1896 a 1897, na então comunidade de Canudos, no interior do estado da Bahia, no Brasil.
O episódio foi fruto de uma série de fatores como a grave crise econômica e social em que encontrava a região à época, historicamente caracterizada pela presença de latifúndios improdutivos, situação essa agravada pela ocorrência de secas cíclicas, de desemprego crônico; pela crença numa salvação milagrosa que pouparia os humildes habitantes do sertão dos flagelos do clima e da exclusão econômica e social.

Clique no título, depois em download e baixe o arquivo em pdf.

Zumbi dos Palmares, a história dos Quilombos em quadrinhos

Os escravos, em 1630, viviam sob a tutela de chicotes feitos nas fazendas. Em consequência disso resolveram fugir para as matas e fundar uma república onde ficariam livres do cativeiros. Começaram fugindo em pequenos bandos, indo todos para um sítio muito fértil que se localizava no atual estado de Alagoas. Ali tinham tudo: água, frutas e madeira para construírem suas moradias. Foi o início da República de Palmares.

Clique no título e depois em download, baixe e curta a história de Zumbi e o Quilombo de Palmares.

Próxima página »