Matérias

Oficina de Capacitação da Equipe ATER CEDASB-BAHIATER-2016.

Na última sexta- feira, 22 de janeiro de 2016, o CEDASB reuniu no Vocacionário Nossa Senhora de Aparecida, em Vitória da Conquista- BA, coordenadores, gerentes e equipe técnica do Projeto ATER para a Oficina de Capacitação da Equipe ATER CEDASB-BAHIATER-2016.

O Projeto ATER (Assistência Técnica e Extensão Rural) em sua amplitude tem, em todos os espaços onde atuou; estimulado a construção do conhecimento entre agricultores e agricultoras e com isso, buscado resgatar o saber tradicional de cuidados com a terra, as sementes crioulas para segurança alimentar e nutricional e a resistência camponesa. Dentre suas falas Roque, coordenador Do BAHIATER comentou que “o projeto ATER é uma forma de promoção de políticas públicas, ligadas principalmente à agroecologia. E que vem caminhando para poder vencer os desafios e transformar para melhor a vida do agricultor e agricultora no campo”.

Faz-se necessário salientar que atuar no ATER nem sempre é tão simples quanto parece e requer além de conhecimento do técnico, uma boa parceria dele com as famílias agrícolas. Sobre isso a técnica Maria do Carmo afirma: “lembro que numa comunidade em que trabalhei as famílias produziam de modo orgânico, mas na mesma região havia fazendeiros que incentivava a usar compostos químicos, justificando que exigiam menos esforço e isso tornava meu trabalho mais difícil”.

Nesse sentido, na Oficina de Capacitação os técnicos agrícolas compreenderam que para além da prestação de um serviço institucional o trabalho no campo deve ser realizado com sensibilidade. Pois, muito mais que visitas às propriedades, preparo do solo, plantio, combate a pragas, colheita e captação de documentos, o técnico deve valorizar a família agrícola, dar importância ao trabalho que esta realiza no campo para sua subsistência e permanência. É como declarou Helena Paula coordenadora do ATER- CEDASB “auxiliar o agricultor e agricultora a ter ou permanecer com as práticas agroecológicas, mesmo que a princípio esse nome “agroecologia” seja para eles desconhecido”. Em outras palavras é possibilitar através da troca de saberes e ideias, maior qualidade de vida no campo.

DSCN1112 DSCN1121 DSCN1122 DSCN1131 DSCN1143 DSCN1149

DSCN1145

DSCN1175DSCN1173

DSCN1181

DSCN1184

free vector