Matérias

“Oh dona (o) da casa eu ouvi sua voz…”

“Oh dona (o) da casa eu ouvi sua voz…” Assim o CEDASB começou o Projeto Sementes do Semiárido com essa cantiga do Terno de Reis no município de Belo Campo/ BA. E como o princípio era OUVIR, todos os que estavam presentes escutaram as vozes das agricultoras e agricultores do semiárido, dos parceiros e parceiras, da equipe técnica e dos monitores que realizaram as capacitações.

Ouvindo suas histórias, crenças, sentimentos, prosas, versos, experiências com foco no resgate das sementes CRIOULAS, da paixão, do amor e, principalmente, ouvindo sobre o resgate do sentimento da PERTENÇA, agricultoras e agricultores deixaram transparecer antes, durante e depois das capacitações que “A semente crioula pertence a nós agricultores”; “A semente Crioula faz parte da história da minha família”; “A semente Crioula é NOSSA”; “Eu não posso deixar essa semente desaparecer”.

Sensações como as descritas acima foram, inclusive, sentidas pela equipe técnica e, deste modo, Camila, Liomar, Helena Paula, Marcos, Ricardo e Terêncio também puderam, ampliar, multiplicar e dividir saberes com a comunidade.

Em contrapartida, os sentimentos de repúdio pelas sementes transgênicas e híbridas, dos seus malefícios e ameaças à vida de cada um de nós foram mencionados. A abordagem deste assunto serviu para que os resgates aos mutirões, organização, troca de saberes entre todos da comunidade ressurgissem com mais força.

O CEDASB finaliza o trabalho do Projeto Sementes do Semiárido com suas metas compridas. Ao longo de sua execução, foram realizadas capacitações, intercâmbios, 24 construções e 12 apoios a Casas/Bancos, distribuídos em 12 municípios. Contamos com a colaboração de todos: agricultores, monitores e de todos da Família CEDASB, desde as coordenações, a comunicação e as equipes dos diversos projetos executados pela instituição. Todos abraçaram o “Sementes”.

Logo, é importante ressaltar que o Projeto Sementes do Semiárido não se encerra. Mesmo agora, neste momento de incertezas, de incoerências políticas, sabemos que o resgate das sementes crioulas, veio para fortalecer e demonstrar que a Convivência com o Semiárido é construída com olhar nas suas particularidades e não “combatida” como largamente foi e vem sendo defendida pelo DNOCS.

Assim, mesmo lacrimejando é com a certeza de que nada será como antes, que será melhor,  é que deixamos nosso abraço de agradecimento a todos que caminharam conosco e que permanecerão na defesa das Sementes da Vida.
Semear sempre, temer jamais!

Por: Helena Paula Moraes

10462991_1043502682341406_2726523046998931141_n11128725_973355732689435_411238817562348193_n 11146313_973355342689474_300882486283391213_n 11235055_1043501182341556_502702495229287135_n 11251844_1043523092339365_4180826169704520838_n

11260419_1043484332343241_815985164993515949_n 11709666_1043481812343493_9032862828524483447_n 11813299_1043484079009933_1618809754162620351_n 11822301_1043486262343048_3172795101528938520_n

11822774_1043516525673355_3252349802987196853_n 11825173_1043493255675682_331608653919227518_n 11836637_1043486492343025_4390599934618543200_n 11836697_1043490769009264_2560154180189921138_n 11836907_1043504175674590_6507662223818981991_n 11845112_1120649191297735_2401216956582251884_o 11846614_1043506155674392_7717554152474221120_n 12038875_1081971101827897_7807793388421213601_o

12109757_1081971458494528_8825555024866522262_o12113301_1082868895071451_3019770234928126844_o 12113480_908203649245993_8539068489071976239_o 12118882_1082869581738049_6326146730690872093_n 13041390_1210640658960940_7384979070236265160_o 13047866_1210659635625709_4428541531644308087_o 13048139_1210663298958676_6365440158644395808_o 13055881_1210659432292396_4575700780095937382_o 13055882_1710751029197611_594020128061108045_o 13173331_1222221187802887_7390268308625914083_o 13717196_1281937711831234_4304674104882072370_o

1913738230_1281935281831477_3854225478483823948_o 13903374_1286816718010000_2223273651898843676_n 13909440_1286816054676733_7418378031474278365_o 13958013_1309593515732320_2843328480618697604_o DSCN4049 DSCN4066 DSCN4085 DSCN4087 DSCN4131índice

DSCN4156

free vector