Matérias

Quilombo de Cinzentos: Celebração pelo 20 de Novembro

      No dia 20 de Novembro, dia da Consciência Negra, o Quilombo de Cinzentos (município de Planalto-BA), por mais um ano celebrou a data com muita festa, alegria e devoção. Comunidades vindas das diversas regiões, alunos/as do município, representantes da universidade, representações do CEDASB e ISFA se juntaram ao Quilombo para celebrar a data.
O ápice de todo a festa ‘pelo 20 de Novembro’ foi a Celebração da “Missa Afro”, que reuniu elementos e dizeres enraizados, que memoraram costumes, cantorias e danças características do “Povo de Zumbi”. Na oportunidade, ao final da celebração da Missa, o CEDASB entregou e lançou o Boletim Informativo “O Candeeiro”, que nesta edição apresentou a bonita história do Quilombo, contada pelos próprios quilombolas da Comunidade local: “Quilombo de Cinzentos: um Grito de Resistência!”. Título esse, que destaca alguns relatos e importantes momentos da caminhada de 200 anos de história do Quilombo.
Além da Missa, aconteceram apresentações com as crianças, rodas de capoeira, apresentações musicais e de dança, falas dos líderes da comunidade. Que lembraram a importância em “celebrar o dia da Consciência Negra, não como um mero evento folclórico, mas como um grito de liberdade”, afirmou dona Ana Delcí, uma das lideranças do Quilombo.

‘E assim, o Povo de Cinzentos segue sua caminhada na estrada da vida, sempre relembrando suas tradições, celebrando seus costumes e devoções. Fazendo ecoar seu grito de resistência por essas terras sertanejas, protegidos pelos encantos da natureza sob o olhar amoroso de Olorum’ (Fragmento d’O Candeeiro).

Comunicação CEDASB

free vector